Remake de Shadow Of The Colossus - Vale a Pena?


Shadow of the Colossus está chegando ao PS4 em uma versão totalmente refeita. Os gráficos foram totalmente refeitos e alguns pontos de jogabilidade melhorados, inclusive na parte dos controles do personagem, porém, tudo sempre mantendo a caracterização original do game. Será que realmente vale a pena adquirir o novo lançamento exclusivo da Sony?

Shadow of the Colossus está ganhando seu terceiro fôlego de vida. Lançado no final da geração do PS2, o game realmente era acima do seu tempo, usando o máximo do potencial do console, em uma época que as atenções estavam todas voltadas para a nova geração que chegaria. No PS3 ele ganhou uma versão remasterizada, onde os jogadores tiveram outra chance de jogar esse clássico. Mesmo assim, uma versão remasterizada não chega nem aos pés do trabalho que é feito em um remake. Em uma versão remake, o jogo é realmente construído totalmente do zero, sendo montado totalmente para a plataforma PlayStation 4.

Veja a beleza do jogo no trailer lançado na TGS no ano passado:

 

A história se mantém intacta. O game começa com o protagonista Wander chegando a cavalo, junto com uma garota, aparentemente morta, a um misterioso templo. Ao que indica, ele quer trazê-la à vida e imagina que esse lugar tenha esse poder. Uma voz diz que talvez isso seja possível, mas que será preciso matar os Colossi, gigantes habitantes dessa terra que os vivos não deveriam entrar. Isso é praticamente tudo que o jogador sabe sobre esse universo, não dando a menor indicação de quem possa ser a garota, de por qual razão ele quer trazê-la de volta à vida, qual a origem dos Colossi e o que são os seres em forma de sombra. E mesmo vendo o fantástico final do jogo, muitas das perguntas permanecerão sem respostas, cabendo ao jogador interpretar todas as evidências.

A tela do jogo é extremamente limpa, mostrando apenas a barra de estamina em alguns momentos. Isso serve para tornar a experiência ainda mais imersiva, priorizando o visual incrível e focando na grandiosidade e beleza dos cenários. Podemos chamar isso de “pureza visual”. Não raro será a sua vontade de usar o modo fotografia, para registrar cenários e momentos marcantes. Ou simplesmente parar e apreciar o visual, ouvindo os sons da natureza como o vento soprando ou as águas de um riacho passando.

Mas será que a diferença é assim tão absurda, mesmo pra quem já jogou o clássico nas gerações anteriores? Veja só esse vídeo comparativo:

 

A riqueza de detalhes que foram acrescentadas é realmente de se impressionar. Veja na imagem abaixo tudo o que foi melhorado, desde texturas, até o acréscimo de sombras, vegetação detalhada, e até mesmo as sombras dessa caverna.

 

Veja também na imagem abaixo, como uma riqueza absurda de detalhes foi adicionada, porém, sem descaracterizar a beleza original do game, mantendo o padrão das construções.

 

Alguns pequenos problemas do game original se mantêm, como o posicionamento da câmera, ou o sistema físico que em determinados momentos pode irritar, como na hora de escalar, ou o personagem ficar preso em algum lugar e não corresponder adequadamente aos comandos. Mas nada que estrague a experiência do jogo, dificultando a jogatina ou prejudicando passar de uma determinada parte.

Por fim, Shadow of the Colossus vale a pena por si só, já que é um jogo com uma experiência completamente diferente do que estamos acostumados. Afinal, em qual outro jogo ficamos tristes e com dó de matar um boss? É uma curiosa ligação que criamos com estas bestas vivas que nos leva a questionar se estamos a fazer o que é certo. Cada batalha é única, um puzzle que teremos de desvendar ao enfrentarmos algo demasiado grande para caber na tela. E assim avançamos, enquanto o nosso personagem se transforma, tal como nós. Poucos jogos têm tal impacto num jogador. Quando acabamos este jogo, ficamos pensativos, estamos diferentes. Tudo isto graças a um dos finais mais marcantes da história dos jogos.

Para quem já jogou, vale a pena? Depende. Se você não apreciou o jogo da primeira vez, provavelmente não mudará de opinião, já que os gráficos melhoraram, mas o jogo continua sendo exatamente o mesmo. Mas para aqueles que levam o título como um clássico dos videogames (e acredite, a maioria concorda com isso), é uma oportunidade única de sentir uma nostalgia que poucas experiências conseguem trazer. E para aqueles que nunca tiveram a chance de jogar, com certeza esse é o momento perfeito.

E você, está ansioso pelo lançamento? Shadow Of The Colossus chega amanhã (06/02) às lojas e é um jogo exclusivo do PlayStation 4.


Data: 05/02/2018 17:00:16
Categoria: Análises


SEGURANÇA



©2020 - Moeda Gamer - Todos os direitos reservados.
HNET SOLUÇÕES - A SUA EMPRESA NA INTERNET.