Esqueça todo o passado da Ubisoft - Análise de Watch Dogs 2


27/05/2020 - Escrito por Leonardo Dias / @buldogues

Esqueça todo o passado da Ubisoft.

Desde lançamentos desastrosos (Assassin’s Creed: Unity) até downgrades (como o primeiro Watch Dogs), a empresa aprendeu a conter as próprias expectativas com seus
produtos.

Watch Dogs 2 é a sequência direta, mas não no mesmo tom, do jogo de 2014.

Tendo vendido mais de 10 milhões de cópias, foi um sucesso comercial, porém não tão falado quanto seu antecessor. A geração que massacrou o primeiro jogo pela diminuição dos gráficos esqueceu do que se faz um jogo divertido: a jogabilidade.

Watch Dogs 2 tem um mundo vivo, lindo e extremamente interativo. Com uma história que não se leva tanto a sério, é uma grata surpresa no gênero de ação com mundo aberto.

A jogabilidade é um ponto alto em Watch Dogs 2

 

O jogo conta a história de Marcus Holloway que foi fichado injustamente pela polícia e quer limpar seu nome. Esse é o início do jogo, o qual ao justamente se livrar do histórico policial, ele entra na equipe de hackers Deadsec, justiceiros virtuais que estão dispostos a expor todos os podres sobre bastidores de estúdios de cinema, igrejas com ídolos falsos, corrupção na polícia e exposição de dados privados do mundo inteiro.

Naturalmente as mecânicas do jogo eventualmente se tornarão repetitivas. No entanto, ao ter em seu dispor um drone, armas e um carrinho inteligente, toda a ação se torna mais dinâmica. É possível entrar com tudo e matar toda a segurança de um recinto, ou simplesmente entrar furtivamente, completar seu objetivo e sair sem ser notado. Assim como é possível simplesmente nunca entrar, e deixar o trabalho todo para seus gadgets.

É nessa gama de alternativas que está o charme do jogo, o que o faz ser diferente entre os outros do gênero. Ao procurar pontos para evoluir suas habilidades, surgem quebra cabeças e tudo ao seu redor pode ser usado ao seu favor para que atinja o objetivo. Ele nunca fica maçante justamente por ter diversos meios de completar uma missão.

A gama de opções na jogabilidade ao completar missões, torna o jogo extremamente divertido

 

O jogo, que é totalmente dublado em português, tem ótimas vozes (e bem conhecidas) e emula muito bem toda a cultura pop que o jogo apresenta. Sua trilha sonora também não faz feio. Desde música clássica até a surpresa de ter Daniela Mercury, sempre há uma música pra acompanhar uma corrida ou até mesmo uma fuga após uma tentativa frustrada de roubar ou hackear algo.

Watch Dogs 2 é um jogo que vicia pelo gameplay, e a forma com que tudo flui deixa ele extremamente convidativo. Não é perfeito, pois em alguns momentos, caso não se tenha domínio ou entendimento das mecânicas, ele pode dar uma certa dor de cabeça.

Mas isso não tira o brilho da obra final que, apesar de não ter sido muito comentada quanto seu antecessor, é um ótimo jogo que apresenta uma interatividade nunca antes vista em jogos do gênero.


Data: 27/05/2020 12:15:44
Categoria: Análises


SEGURANÇA



©2020 - Moeda Gamer - Todos os direitos reservados.
HNET SOLUÇÕES - A SUA EMPRESA NA INTERNET.